Assista a um resumo mais detalhado sobre o livro A Irmandade Secreta, livro 1 da Série Derek Dustin e As Crônicas do Rei, de Dani Ferreira.

[kad_youtube url=”https://youtu.be/SiDIWrx9azs” ]

 

Olá, pessoal! Eu sou a Dani Ferreira, autora do livro A Irmandade Secreta, que é o livro I da série Derek Dustin e As Crônicas do Rei.
Bom, neste vídeo vou apresentar para vocês a obra e a série, composta de três livros.
Primeiro, quero falar sobre o nome da série: Derek Dustin e As Crônicas do Rei. Derek Dustin é o nome do personagem principal, criado por mim; As Crônicas do Rei, que complementa o nome da série, é referente aos relatos do Rei, desconhecido pelo personagem principal e pelos leitores até este primeiro volume da série. Então, Derek Dustin e As Crônicas do Rei é uma série, uma saga composta por três livros, três volumes. A Irmandade Secreta é o livro 1 da série, publicado em Outubro deste ano de 2015. Neste primeiro volume, eu também adicionei o primeiro capítulo do livro 2, que se chamará: O Cristal Perdido, o qual continuo escrevendo.
Ainda falando sobre a série, também gostaria de expressar a visão e a missão deste projeto. Derek Dustin e As Crônicas do Rei nasceu para ser uma mensagem de esperança, além de tentar ser também uma inspiração de valores de bem para o público infanto-juvenil, valores como: verdade, honra, justiça, amizade e fé.
Neste primeiro livroA Irmandade Secreta – o mundo de Derek Dustin é apresentado, assim como a trama central da série: a batalha contra o tirano imperador Sadraûr, o vilão declarado da história.
E qual seria este mundo de Derek Dustin? Este é um mundo extraordinário, em que a ciência e a tecnologia avançaram ao ponto de conseguir aprimorar a raça humana, tornando-a mais resistente, mais forte, menos vulnerável. Este ser humano mais resiliente, se resume em um ser dotado de habilidades extraordinárias, como: super-força, super-velocidade, etc. E Para garantir esta sobrevivência suprema, o imperador Sadraûr criou vários estratagemas e leis. Uma dessas, é a Lei de Procriação, que obriga cada casal presente no império a ter filhos exclusivamente através de uma programação genética, ou seja, os filhos devem ser fecundados em laboratório por supervisão de médicos indicados pelo império, utilizando as melhores combinações com os padrões genéticos do determinado casal.
De longe, este parece um mundo aprimorado, um mundo melhor. Mas, na verdade, não é. Este é um mundo mais sombrio, mais frio, onde os valores forem invertidos, onde o mal predomina em forma de indiferença, ganância, a busca de poder ilimitado, crueldade, mentiras e falsas verdades, tudo isso justificado pela tentativa de garantir a sobrevivência humana, para que jamais sejamos subjugados novamente por Eventos Catastróficos.
E onde Derek Dustin entra nessa história? Derek Dustin é um menino incomum. Neste mundo extraordinário, este menino nasce da forma mais natural possível. Seus pais, sem querer afrontar o império, tiveram o menino fora da Lei de Procriação, e os três sofreram as conseqüências por este ato. Por alguma razão, ainda desconhecida, Derek foi poupado da morte, mas tanto ele quanto seus pais foram excluídos da sociedade imperial, que monopoliza todas as atividades e recursos do mundo.
A partir daí começa o desenvolvimento da história, repleta de reviravoltas e eventos surpreendentes. A Irmandade Secreta, um grupo que luta secretamente contra o sistema cruel de Sadraûr, é revelada e os personagens que a compõe se mostram pessoas extremamente comprometidas com o bem, com valores muito maiores do que a maldade do mundo.
Os relatos do Rei começam a surgir, e Derek passa a perceber que o mal não triunfou, e que em breve chegará o dia de lutar, e assim, diretamente enfrentar Sadraûr, o imperador.
Bem, este é um resumo um pouco mais detalhado sobre a obra e sobre a série. Minha missão como autora é estimular o leitor a refletir sobre qual tem sido nosso rumo como seres humanos aqui neste mundo. Será que estamos caminhando para o mundo de Derek Dustin, com um potencial altamente elevado, que poderia ser direcionado para o bem, mas que acabou tombando para o mal? Quais valores estamos priorizando? Quais tem sido nossas escolhas? Que legado deixaremos pare este mundo? São estas reflexões que quero deixar com esta obra e nesta série.
Por isso, quero convidar você a ler e a divulgar este livro. Não apenas você jovem, criança ou adolescente, mas você pai, mãe, tio, tia, professor, líderes e pessoas que influenciam esta geração, pois eu acredito que uma leitura estimuladora de valores de bem pode fazer a diferença.