Está querendo incentivar o hábito da leitura e precisa conhecer alguns livros indicados para leitores iniciantes?  Se sim, este post foi feito especialmente para você!

Aqui, mostrarei como escolher um livro para dar de presente pode ser mais fácil do que você imagina. Mesmo quando o destinatário ainda é novo no universo da leitura.

Além de dicas de tipos de livros, gêneros e títulos, também vou indicar boas formas para estimular a leitura. Acompanhe e passe a indicar livros perfeitos para leitores iniciantes!

Livros indicados para leitores iniciantes: comece pela leitura de entretenimento

Um dos erros na formação de novos leitores é “forçar” um catálogo tradicional o qual muito se distancia dos assuntos e temáticas atuais. Consequentemente, as chances de cativar leitores sem um nível de desenvolvimento crítico são bem reduzidas.

Afinal, quando se fala em como ler um livro, é preciso pensar nas fases do leitor. Nesse sentido, os primeiros estágios de leitura estão relacionados à imaginação, fantasia, aventura e combinações de elementos textuais e visuais.

Ao longo do seu amadurecimento nesse maravilhoso hábito, o leitor desenvolve mais entendimento e pensamento crítico. Então, apenas a partir daí que são indicadas obras clássicas com mais de 20 anos de publicação.

Logo, os livros indicados para leitores iniciantes são aqueles capazes de simplesmente entreter esses indivíduos, de modo a encantá-los, emocioná-los e diverti-los. Assim, independentemente da idade, serão capturados pelas maravilhas da leitura e em seguida, por conta própria, buscarão títulos mais “rebuscados” quando atingirem a fase do leitor crítico.

Livros recomendados para leitores iniciantes: o conto e a fantasia

Assim sendo, em primeiro lugar, um livro de contos é ideal para leitores em formação. Pois, esses livros são compostos por histórias curtas, alguns com ilustrações relacionadas ao enredo de cada história e também são dotados de linguagem mais simples.

“Conto é uma narrativa de ficção que cria um cenário de seres, de fantasia ou acontecimentos. Ele apresenta um narrador, personagens, ponto de vista e enredo. O conto possui uma narrativa curta, menor do que o romance e possui apenas um clímax.” — Fonte: Materiais Escolares.

De forma geral, os contos podem ser classificados como:

  • Contos de fadas;
  • Contos de encantamento;
  • Contos maravilhosos;
  • Contos de mistério;
  • Contos jocosos.

Sobre Contos de fadas

Falando especificamente de contos de fadas, segundo J. R. R. Tolkien, em seu ensaio “Sobre Histórias de Fadas”:

“A definição de contos de fadas não depende de nenhuma definição ou relato histórico sobre elfos ou fadas, mas sim da natureza do Reino Encantado, do próprio Reino Perigoso e do ar que sopra nessa terra.”

Assim, o autor (um dos meus favoritos!) desenvolve — perfeitamente — que um bom conto de fadas aborda aventuras em terras semelhantes a nossa, mas repletas de encantamento. Por Reino Encantado, Tolkien afirma que pode ser traduzido por Magia.

Contudo, essa Magia não tem um fim nela mesma, mas consiste numa ferramenta que os escritores usam para produzir uma alteração no que Tolkien chama de Mundo Primário (o nosso mundo, o “mundo real”). Dessa maneira, uma história de contos de fadas satisfaz a certos desejos humanos primordiais. Quais sejam:

  • Vislumbrar as profundezas do espaço e tempo;
  • Entrar em comunhão com outros seres vivos.

Assim, os contos de fadas oferecem:

  • Fantasia;
  • Recuperação
  • Escape;
  • Consolo.

Portando, os contos de fadas vão muito além de anseios de crianças. O público para essas histórias pode e deve ser estendido a pessoas de todas as idades. Afinal, converge com os desejos mais profundos do ser humano, sendo um entretenimento capaz de emocionar e cativar. Logo, é um dos tipos de livros indicados para leitores iniciantes, mas também para todo tipo de leitor.

Livros de contos para leitores iniciantes e além

Antes de mais nada, saiba que mesmo depois de amadurecer seu nível de leitura, você sempre pode voltar à leitura por prazer, de encantamento. Muitos acham que depois que crescem não podem mais ler um livro ilustrado, ou um livro estigmatizado como “infantil”.

Acima de tudo, creio que devemos manter certa dose de infantilidade. No sentido de pureza e singeleza. Não no sentido imaturo e bobo.

Dessa forma, contos não são bobos, imaturos ou mal construídos. Muito pelo contrário. É preciso entendimento profundo de escrita e observação do mundo para escrever um bom conto, sobretudo um conto de fadas.

Porquanto, não subestime esse tipo de livro. Muito menos se envergonhe por manter o hábito de ler contos. Sendo assim, deguste estas indicações de títulos:

Conto de fadas. Editora Zahar

Na antologia Contos de Fadas, editada pela Zahar, você encontra alguns dos contos clássicos, como: Chapeuzinho Vermelho, A Pequena Sereia, Branca de Neve e outros.

Capa Livro Contos de Fadas - Editora Zahar

Além disso, tem contato com os primeiros autores a transcrever essas histórias do conto falado para a escrita. A saber:

  • Charles Perrault;
  • Jeanne-Marie Leprince de Beaumont;
  • Jacob e Wilhelm Grimm;
  • Hans Christian Andersen;
  • Joseph Jacobs.

Porém, mesmo sendo contos que a maioria das pessoas já teve algum contato, não pense que não irá se surpreender ao longo da leitura.

Alguns contos são diferentes dos apresentados em formato de animação audiovisual. Então, indique-os sabendo que os leitores podem se surpreender!

Contos maravilhosos infantis e domésticos

Este é um Box composto por dois volumes de textos registrados pelos irmãos Grimm.

Contos irmãos Grimm

Jacob e Wilhelm são conhecidos por trazerem a tradição da oralidade para as páginas impressas. A edição é da COSACNAIF e reúne dezenas de contos clássicos.

Da mesma forma da obra anterior, não deixe o título enganá-lo. Não confunda infantil e doméstico com bobo e mal feito. Alguns desses contos trazem reflexões bem profundas e tramas até mesmo sombrias.

Conto para você

Conto para você é de minha autoria e reúne 9 contos enraizados na fantasia. O título faz uso do campo semântico de “conto” para transmitir ao leitor tanto a ideia das histórias curtas quanto a arte da contação de histórias.

Sinopse:

Conto para você traz 9 contos inéditos criados por Dani Ferreira. Com muita fantasia, a autora brasileira recicla elementos dos contos clássicos, utilizando-os em novos enredos. Assim, o leitor desfruta de histórias protagonizadas por criaturas já conhecidas, como: anões, príncipes e animais falantes, porém novos desfechos e aprendizados para toda a vida. É perfeito para leitores infanto-juvenis e também contadores de histórias.

Nesta obra inédita, Dani Ferreira recorda o impacto dos contos fantásticos na vida humana. Vale-se do campo semântico de “conto” para transmitir ao leitor tanto a ideia das histórias curtas quanto a arte da contação de histórias, nos trazendo à memória os bons momentos em que ouvíamos essas narrativas de amados mediadores, como o vovô e a vovó.

Você pode adquirir este livro neste link.

Sobre fantasia

Em segundo lugar, em se tratando da fantasia, esta faz parte dos contos, mas não se restringe a eles. Ainda de acordo com Tolkien:

“A fantasia é feita do Mundo Primário.”

Por exemplo, um cavalo-alado é um cavalo do “mundo real”, porém com asas. Assim, a fantasia é levemente diferente do mundo fora do livro, dotada de elementos encantados e de muita imaginação.

Contudo, a fantasia não significa mentira. Obras de fantasia lidam com o Mundo Secundário, ou seja, o mundo criado, o literário, com muita seriedade.

Além disso, seja qual for o gênero literário trabalhado, Robert Mckee afirma que “o escritor deve acreditar no que escreve”. Logo, é preciso ser verdadeiro, mesmo que em um mundo com regras próprias, que contemplam o mundo da fantasia.

Assim, a fantasia nos mostra mundos maravilhosos, novos e completamente encantados. Por encantados, não confunda com puramente bons. Afinal, na fantasia, frequentemente nos deparamos com o mal em formas mais profundas e sombrias.

Desse modo, outros livros indicados para leitores iniciantes são aqueles que fazem bom uso da fantasia, instigando a imaginação e a criatividade desse leitor.

Livros de fantasia para novos leitores

Depois de se aventurar nos contos, o leitor iniciante pode e deve buscar narrativas mais extensas. Assim, vou sugerir alguns títulos que reúnam muita fantasia, mas são maiores do que um conto. Confira:

Mestre Gil de Ham

Mestre Gil de Ham, de J. R. R Tolkien, é um livro com muita aventura, fantasia e jogo de palavras. Afinal, Tolkien antes de ser escritor era linguista e gostava de criar novas palavras e até mesmo idiomas, como no caso dos dialetos de sua obra mais conhecida: O Senhor dos Anéis.

Livro Mestre Gil de Ham - J.R.R. Tolkien

Sinopse:

Essa divertida história, escrita pelo autor de O Hobbit, é ambientada no vale do Tâmisa, na Inglaterra, num passado maravilhoso e distante, quando ainda existiam gigantes e dragões. Seu herói, Mestre Gil, é na realidade um fazendeiro totalmente desprovido de heroísmo, mas, que, graças à boa sorte e à ajuda do cachorro Garm, da égua cinzenta e da espada Caudimordax (ou Morde-cauda), amansa o dragão Chrysophylax e ganha enorme fortuna.

Eu sou absolutamente fã de Tolkien e indico todas as obras do autor! Mas, em se tratando de livros indicados para leitores iniciantes, por não ser uma história tão longa e com os elementos encantadores necessários, Mestre Gil de Ham se encaixa perfeitamente.

Roverandom

Novamente de Tolkien, Roverandom é também um livro recheado de fantasia, aventuras, diversão, bem como jogo de palavras.

Livro Roverandom J.R.R. Tolkien

Sinopse:

Em 1925, durante as férias, o pequeno Michael Tolkien perdeu, na praia, um cãozinho de brinquedo que ele adorava. Para consolá-lo, o pai, J. R. R. Tolkien, inventou uma história sobre um cachorro de verdade que é transformado em brinquedo por um mago e enviado por um ‘feiticeiro-da-areia’ à Lua e ao fundo do mar. Mais de 70 anos depois, as aventuras do cachorro Rover, também conhecido pelo nome de ‘Roverandom’, foram publicadas na Inglaterra. Elas foram organizadas a partir do texto original por Christina Scull e Wayne G. Hammond.

Assim, é um ótimo livro para quem está começando a ler, seja qual for a idade.

Livros enraizados na fantasia

A fantasia permeia muitos gêneros. Além disso, os livros não precisam ser restritos às características de um único gênero literário. Ou seja, podem ter uma predominância de um e misturar com fundamentos de outros.

É o que eu gosto de fazer, por exemplo, nos títulos da série de minha autoria: Derek Dustin e As Crônicas do Rei.

O volume I: A Irmandade Secreta é um verdadeiro híbrido, compondo elementos fantásticos e, sobretudo, características da ficção-científica. E também, algumas pessoas que fizeram a resenha desse primeiro livro identificaram elementos de distopia e espiritualidade.

Derek Dustin e As Crônicas do Rei - A Irmandade Secreta

Talvez você esteja se perguntando como eu uni tudo isso. A resposta reside no fato de que eu trabalho com os elementos que mais gosto de ler em um livro. É dessa forma que crio minhas narrativas. O resultado tem agradado os leitores, como você pode ver nos depoimentos sobre a série:

“Um livro que cativa, que te faz viajar junto com os personagens. Sem dúvida o melhor livro de ficção que li! Dani, parabéns pelo sucesso e que venha o Cristal Perdido!!!”. — Sarah Mudesto.

Assim, se o leitor já estiver habituado a ler um livro com mais de 200 páginas, recomendo os dois volumes publicados de Derek Dustin e As Crônicas do Rei. Os títulos abordam temas atuais, reflexões sobre o futuro, mas tudo com muita diversão, diálogo, aventura e imaginação. Então, vale a pena conhecer!

Sinopse livro I – A Irmandade Secreta:

“Em um mundo regido pelo mal, onde ser extraordinário é lei, um menino excepcionalmente normal parece comprometer a estabilidade do Império. Diante de um acontecimento inexplicável, e com a repentina revelação da Irmandade Secreta, inspirada no Rei até então desconhecido, Derek Dustin percebe que o mal ainda não triunfou.

Divertido, emocionante e surpreendente, A Irmandade Secreta apresenta grandes desafios e conflitos do cotidiano juvenil e adulto. Através de uma escrita simples e cativante — porém repleta de reflexões — somos convidados a participar do intrigante mundo criado por Dani Ferreira.”

Derek Dustin e As Crônicas do Rei Volume 1 + Volume 2

Book trailers volume I e II:

Você pode comprar os livros da série Derek Dustin e As Crônicas do Rei aqui mesmo no meu site.

Indique e leia livros!

Por fim, outra dica que ofereço a você que procura livros indicados para leitores iniciantes é dar o exemplo e ser o primeiro a ler. Afinal, o ser humano aprende com práticas, não apenas com palavras ao vento.

Portanto, não seja um daquele do tipo “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”. Se você quer incentivar a leitura entre os jovens e outros grupos, seja um leitor voraz. Sem preconceitos, explore novas obras e conheça novos autores. Sem dúvida, isso surtirá grande impacto na sua indicação.

Então, se você gostou deste post, compartilhe com seus amigos e me ajude a divulgar o conteúdo. Até a próxima!